quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Desejo um amor assim...


A intenção desse pequeno texto é falar de AMOR. De muitas formas, de vários tipos, com muitas caras. Amor desmedido, amor sem-vergonha, amor eterno, amor bandido. Todos os amores que sentimos ao longo da vida, e, aquele que sabemos ser o maior, verdadeiro, imortal.

Não é incrível a quantidade de vezes que dizemos: "eu te amo", na vida, sem realmente amarmos? Quantas vezes até acreditamos amar alguém, mas quando o sentimento é posto à prova, vemos do que é feito. Mas o que mais me impressiona, é, muitas vezes, não dizermos isso A QUEM DE FATO AMAMOS! É não valorizarmos essas pessoas enquanto estão ao alcance das mãos. É não lhe darmos um grande beijo ao nos despedirmos, e talvez não termos nunca mais a chance de fazê-lo. É não lhe olharmos nos olhos e dizermos:"Ei, você é muito importante pra mim. Descobri que não sei viver sem você e que te amo muito, apesar do tempo, das dificuldades, das incertezas. Te amo apenas por você existir na minha vida, e sou grato por isso."

É não valorizarmos essa pessoa pelo que ela é; É não estarmos "junto", quando ela precisa; É não perdoá-la, quando erra.

Amar é um constante aprendizado, mas tal como na escola, é preciso que PRESTEMOS ATENÇÃO. É preciso reciclar o que sabemos. É preciso EXERCITAR tais conhecimentos. E acima de tudo, é preciso ter humildade pra aceitar que sempre há o que aprender acerca da vida e do amor, que as pessoas são diferentes, logo, nem tudo se aplica; E que vamos errar um bocado tentando acertar, mas se dermos amor, o receberemos de volta.

Acredito nisso, mesmo que seja apenas na esperança de encontrá-lo. Ali na esquina, na fila do banco, no meio da rua... Encontrar o amor, que eu já conheci, mas sumiu daqui... Reencontrar o amor, e o agarrar bem forte, pra nunca mais partir...

E pra você? O que é o amor?
__________________________
Original: Guilherme Castelo

5 comentários:

Nara Andrade disse...

Nossa, belíssimo texto. Falar de amor é algo tão bom! Você soube expressa-lo com tanta devoção. Lindo demais.

Respondendo a sua pergunta, amor é tudo o que sou, tudo de mais puro que tenho a oferecer. Pra mim é indescritível. É lindo.

Kath disse...

Hm, acho que para mim o amor é uma mistura de muitos sentimentos que se confundem até não os sabermos distinguir muito bem, é estarmos felizes por estarmos vivos e apreciarmos os outros e nós mesmos. :]

ivana_schneider disse...

Estou te devendo um comentario neste blog, ne? Sabes que sou bastante desorganizada e agora muuuito ocupada. No entanto, porem, contudo e todavia, estou aqui. Correndo o risco de ser repetitiva devo dizer que seus textos sempre sao otimos. Por isso so comentarei textos seus, aviso logo! E esse tema voce domina e desenvolve com primazia. O amor! O grande problema em tentar defini-lo eh que voce vai se colocar em terreno movediço. Como classificar algo inconstante, que pode assumir formas diversas, intensidades diversas e duracoes diversas? No fim das contas o tipo nao eh o que nos move e sim o que se leva dessa experiencia. Para nao me tornar coautora do seu blog e nem cansar seus leitores, me despeço aqui! Beijao, Gui!
Desculpe a falta de acentos, meu computador nao tem acentos configurados.

Guilherme Castelo disse...

Muito pelo contrário, amiga, seria uma honra para mim ter a coautoria em qualquer projeto com tão formidável pessoa. Agradeço seu comentário, e concordo, ipsi literis. Contudo, reitero que jamais me proporia a definir ou conceituar o amor. Discorri sobre o tema, apenas e tão somente com o intuito de "agitar a superfície do lago". Cada um tem sua visão e é essa pluralidade o que mais me encanta, em minha observação das pessoas.
De qualquer forma, você também é alguém que domina plenamente o assunto "amor", e suas implicações.
Mais uma vez obrigado pelo comentário e mais uma vez:
VOCÊ SEMPRE SERÁ BEM-VINDA!

Bjs Iva,
Até mais.

dani disse...

olha, já achei o amor complicado, mas hoje em dia desisti, então eu apenas sinto e aceito!prefiro achar a que é simples e ponto final!até porque minha cabeça é um ninho de pensamentos que prefiro não expor a muitas pessoas, só a você!e sabes de minha pertubações!
abraços meu querido
te amo!

Gostou? Compartilhe: