domingo, 14 de fevereiro de 2010

Carta aberta para uma amiga que está triste


Então, tá. Lá vem você de novo... Uma amiga tão querida e tão enrolada![ :)] E adoro isso em você, porque demonstra a inquietação do seu espírito jovem e curioso, como de fato devemos ser. Mas sei que também sentes, como eu, sentes muito as dores e prazeres da vida. Por trás desses olhos verdes eu sei que se escondem sentimentos complexos, conflitantes... Esses olhos que parecem janelas para mundos inóspitos e distantes. Por vezes, insondáveis...

Me perguntas por quê me lembro, se nós nos conhecemos há tanto tempo, por tão pouco tempo... Percepções sensoriais e de detalhes. Nossa memória imprime com mais precisão coisas que a impressionam. Você é assim, amiga, impressionante. Mas como ser humano que és, também és um pouco confusa, ou melhor, confundida, por tantas questões de vida, que realmente se atropelam, às vezes.

Sei que irás superar mais esse momento da vida, tal qual todos os que o antecederam. Te conheci uma linda garota, hoje te vejo uma mulher encantadora. E por saber de teus sucessos, e tua trajetória, sei que chegarás ao topo da montanha.

Mas sem ilusões, amiga. Sempre será difícil. Haverá dias lindos de sol, mas sempre haverá tempestades. Assim é a nossa vida, e é bom que seja assim... Mesmo palmilhando caminhos diferentes na vida, gosto de ver que estamos crescendo, cada um a seu modo. Será bom te encontrar no futuro, batalhas vencidas, para contar histórias...

Isso claro, a logo prazo! Mas amizade também requer um mínimo de presença, então te ligo pra tomarmos um café uma hora dessas! Mas falando sério, te desejo muita sorte, muita saúde e muito sucesso. Te digo também que sempre que precisares de um amigo, podes contar comigo.

Acredito que todas as relações, inclusive as de amizade, passam pela admiração, respeito e bem-querer. Então só me falta te dizer que te admiro como pessoa e como exemplo de beleza feminina e personalidade, que te respeito como mulher e como indivíduo de pensamento livre, e que te amo fraternalmente, como um amigo que te deseja o melhor da vida.

Fica bem.
E feliz aniversário!!
Mil beijos.
------------------------------------------------------------
Ps. Já que teu amigo te deu um book de presente, representando a arte dele, também te darei um presente, com minha arte... Um poeminha sobre você... Pode não ser tão impressionande como um ensaio, mas tenha certeza que é de coração também. Espero mesmo que goste. Segue abaixo o poema. Parabéns de novo!

Nenhum comentário:

Gostou? Compartilhe: